Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2012

Gicana Sócio- cultural - Colégio Dona Guiomar Barreto Meira

Imagem
Baseada em uma educação escolar, focada nos pressupostos de que o aluno é o protagonista das ações, as quais proporcionam a construção do conhecimento, venho propor atividades diferenciadas, para que haja troca de experiências e socialização entre alunos e alunos, alunos e professores, promovendo assim um ambiente de respeito, consideração e aprendizagem.





OBJETIVO GERAL Propor aos alunos desafios que levem a perceber situações problemas que através do raciocínio, das atitudes e da reação, possam estabelecer relações de sabedoria, respeito, amor e paz
OBJETIVOS ESPECÍFICOS

*Perceber a importâncias do bom relacionamento e do respeito às diferenças individuais; *Demonstrar as condições ensino-aprendizagem que os mesmos estão envolvidos, possibilitando avaliar as ações educativas; *Promover momento de interação e socialização no ambiente escolar;

*Promover atividades diferenciadas que levem os alunos a protagonizar momentos de aprendizagem em que a sala, propriamente dita, não será necessári…

Desfile das escolas em 21 de Setembro em Petrolina - Pe / centenário de Luiz Gonzaga

Imagem
Gonzagão, 22 anos de saudade!




"Meu nome é Luiz Gonzaga, não sei se sou fraco ou forte, só sei que, graças a Deus, té pra nascer tive sorte, apois nasci em Pernambuco, o famoso Leão do Norte.
Nas terras do novo Exu, da fazenda Caiçara, em novecentos e doze, viu o mundo a minha cara.
No dia de Santa Luzia, por isso é que sou Luiz, no mês que Cristo nasceu, por isso é que sou feliz."




Luiz Gonzaga do Nascimento era filho de Januário José Santos, lavrador e sanfoneiro, e de Ana Batista de Jesus, agricultora e dona de casa. Nasceu na cidade de Exu, Pernambuco, em 13 de dezembro de 1912. Desde criança se interessou pela sanfona de oito baixos do pai, a quem ajudava tocando zabumba e cantando em festas religiosas, feiras e forrós.

Saiu de casa em 1930 para servir o exército como voluntário, mas já era conhecido como sanfoneiro. Viajou pelo Brasil como corneteiro e, de vez em quando se apresentava em festas, tocando sanfona. Deu baixa em 1939 e foi morar no Rio de Janeiro, levando sua pri…

PARABÉNS PETROLINA 117 ANOS NESTE DIA 21 DE SETEMBRO 2012

Imagem
HISTÓRIA DE PETROLINA

Muito bem quero mostrar que a cidade de Petrolina de ve muito a Juazeiro, pois ela so foi formada a partir do momento em que os imigrantes saiam para a bahia e tinha que passar em Petrolina a cidade originou-se de uma localidade surgida na primeira metade do século XIX, que denominava-se Passagem do Juazeiro.Chamava-se PASSAGEM DE JUAZEIRO 


O local, pela sua posição estratégica, era caminho dos viajantes que vinham dos sertões do Ouricuri, Piauí e Ceará, a caminho da Bahia. Instalou-se, definitivamente, aquela nucleação com a edificação da Capela de Santa Maria Rainha dos Anjos, concluída em 1860. Recebe a denominação de Petrolina em homenagem ao Imperador D. Pedro II.


Em maio de 1870, é criada a vila de Petrolina, Lei Provincial nº 921 e sua Comarca em junho de 1879, pela Lei Provincial nº 1.377. Torna-se Município autônomo pela Lei Estadual nº 52, de 03/08/1892.




Trabalho sobre o lixo e a Reciclagem

Imagem
A reciclagem é um processo em que determinados tipos de materiais, cotidianamente reconhecidos como lixo, são reutilizados como matéria-prima para a fabricação de novos produtos. Além de se apresentarem com propriedades físicas diferentes, estes também possuem uma nova composição química – fator principal que difere o reaproveitamento da reciclagem, conceitos estes muitas vezes confundidos.



Este processo é importante, nos dias de hoje, porque transforma aquilo que iria ou já se encontra no lixo em novos produtos, reduzindo resíduos que seriam lançados na natureza, ao mesmo tempo em que poupa matérias-primas, muitas vezes oriundas de recursos não renováveis, e energia. Para produzir alumínio reciclado, por exemplo, utiliza-se apenas 5% da energia necessária para fabricar o produto primário.



Dessa forma, é importante separar esses materiais, para que não sejam encaminhados juntamente com o lixo que não é reciclável, não tendo outro destino a não ser ocupar espaço nos aterros sanitários e…

Gincana Solidária Escola Ana Nery - EQUIPE CORAÇÃO “MOLIM”

Imagem
Gincana Solidária Escola Ana Nery. Uma Lição de Cidadania. Solidariedade é uma necessidade humana
Um homem só tem o direito de olhar um outro de cima para baixo, para ajudá-lo a levantar-se.  Se temos que viver,  que seja para colher os frutos da  boa semente  que lançamos na caminhada. Se for para semear,  então que seja para produzir  sorrisos de solidariedade e amor. É preciso unir os bons, lutar por causas boas.
Escola e Família precisam formar valores
A solidariedade e o bem são valores  nobres e contagiantes. Contagie-se deixe contagiar...Em sua infinidade de valores  não deixe faltar: o perdão, a solidariedade, a compreensão, a tolerância, o carinho, o abraço amigo e acima de tudo o amor. Na construção de um mundo melhor é fundamental, adiquirir a compreensão e percepção nítida dos valores.  É urgente a consciência clara e bem definida  do belo e do moralmente bom entre crianças e jovens.

A Gincana Solidária da Escola Ana Nery
Evento solidário e cultural. Nesta edição desenvolve a…

Colegio Estadual Dona Guiomar Barreto Meira - Massaroca - Desfile de 7 de setembro de 2012

Imagem
A independência do Brasil, enquanto processo histórico, desenhou-se muito tempo antes do príncipe regente Dom Pedro I proclamar o fim dos nossos laços coloniais às margens do rio Ipiranga. De fato, para entendermos como o Brasil se tornou uma nação independente, devemos perceber como as transformações políticas, econômicas e sociais inauguradas com a chegada da família da Corte Lusitana ao país abriram espaço para a possibilidade da independência.

A chegada da Família Real Portuguesa ao Brasil foi episódio de grande importância para que possamos iniciar as justificativas da nossa independência. Ao pisar em solo brasileiro, Dom João VI tratou de cumprir os acordos firmados com a Inglaterra, que se comprometera em defender Portugal das tropas de Napoleão e escoltar a Corte Portuguesa ao litoral brasileiro. Por isso, mesmo antes de chegar à capital da colônia, o rei português realizou a abertura dos portos brasileiros às demais nações do mundo.

Do ponto de vista econômico…

Trabalho sobre o Rio São Francisco - 7° ano A

Imagem
Cânion do rio São Francisco
O rio São Francisco é um importante curso de água que percorre 2.830 km no território brasileiro, é popularmente chamado de Velho Chico. Esse rio brasileiro nasce no Estado de Minas Gerais, na Serra da Canastra; sua nascente está situada a uma altitude de 1.200 metros. Em sua extensão, corta o Estado da Bahia, ao norte do território baiano o rio serve de fronteira natural com Pernambuco, além de estabelecer limites entre os territórios de Sergipe e Alagoas.



O rio, em seu percurso, corta áreas influenciadas por diferentes climas, vegetações e relevos, sendo utilizado com fonte hídrica para a geração de energia em cinco usinas hidrelétricas.




Nas áreas próximas às nascentes e à foz, as chuvas são relativamente abundantes, já nos outros pontos o clima é muito seco.  O Velho Chico percorre regiões semiáridas, com pouca chuva e afluentes temporários, mesmo assim é perene (não seca em nenhum período do ano), isso porque seu volume é mantido por aflue…

Escola Municipal Felix Manuel - Tapera - Trabalho 6° ano A - Campo e cidade

Imagem
Nova Iorque, EUA
As cidades globais, também conhecidas como metrópoles mundiais, são grandes aglomerações urbanas que funcionam como centros de influência internacional. Estão no topo da hierarquia urbana. São dotadas de técnica e conhecimento em serviços de elevada influência nas decisões vinculadas à economia globalizada e ao progresso tecnológico.

Nessas cidades, há grande concentração e movimentação financeira, sedes de grandes empresas ou escritórios filiais de transnacionais, importantes centros de pesquisas, presença de escritórios das principais empresas mundiais em consultoria, contabilidade, publicidade, bancos e advocacia, além das principais universidades.

São dotadas de infraestrutura necessária para a realização de negócios nacionais e internacionais, aeroportos, bolsa de valores e sistemas de telecomunicações, além de uma ampla rede de hotéis, centros de convenções e eventos, museus e bancos.…