segunda-feira, 30 de junho de 2014

Confira algumas fotos bizarras dos craques que brilham na Copa do Mundo

Os atletas são famosos, possuem dinheiro e chamam atenção por onde passam. Mas nem sempre foi assim...

Copa do Mundo de futebol que está sendo realizada no Brasil, embora tenha enfrentado vários atrasos e falhas em suas obras, tem surpreendido a todos. A audiência dos jogos tem batido recordes em diversos países ao redor do planeta.
As estrelas que fazem desse torneio algo especial, sem dúvida, são os jogadores. Em sua maioria, ricos, famosos, atléticos e bem afeiçoados, os atletas chamam atenção dentro e fora dos gramados. Contudo, nem sempre foi assim. Para chegar ao estrelato, muitos deles passaram por dificuldades e o visual era bem diferente — apesar de o tempo também tem culpa nesse processo e piorar a situação de alguns.
A prova disso são as fotos dos jogadores tiradas há alguns anos atrás, como ressalta a publicação do site Mashable. E não é preciso ir muito longe para ver como uns 10 anos são capazes de mudar uma pessoa. Confira as fotos de vários craques que têm se destacado nesta e nas últimas Copas, incluindo a seleção na qual jogam ou atualmente dirigem e o ano em que a fotografia foi tirada.

1. Neymar — Brasil (2009)

2. Lionel Messi — Argentina (2005)

3. Cristiano Ronaldo — Portugal (2003)

4. Robin van Persie — Holanda (2002)

5. Wesley Sneijder — Holanda (2006)

6. Arjen Robben — Holanda (2004)

7. E o trio holandês: Wesley Sneijder, Arjen Robben e Robin van Persie (2003)

8. Jurgen Klinsmann — EUA (1990)

9. Tim Howard — EUA (2004)

10. Kyle Beckerman — EUA (2004)

11. Clint Dempsey — EUA (2004)

12. Michael Bradley — EUA (2007)

13. Graham Zusi — EUA (1989)

14. Miguel Herrera — México (1994)

15. Fernando Torres — Espanha (2004)

16. Gerard Pique — Espanha (2004)

17. Wayne Rooney — Inglaterra (2003)

18. Stephen Gerrard — Inglaterra (2000)

19. Fabio Capello — Rússia (1976)

20. Bastian Schweinsteiger — Alemanha (2003)

21. Mesut Ozil — Alemanha (2006)

22. Thomas Mueller — Alemanha (2009)

23. Joachim Low — Alemanha (1981)

24. Luis Suárez — Uruguai (1987)


10 descobertas surpreendentes sobre a Segunda Guerra Mundial




A Segunda Guerra Mundial terminou há quase 70 anos, porém ainda está muito viva na memória de sobreviventes e parentes de quem lutou ou presenciou aquela época. No decorrer das décadas, foram encontradas centenas de evidências de batalhas, além de aviões, navios e materiais bélicos que eram tidos como desaparecidos.
Até hoje acontecem descobertas surpreendentes sobre a Segunda Guerra, como você pode conferir nos itens abaixo.


1 – Cartão-postal




Há quase 70 anos, um cartão-postal foi enviado de um hospital militar em Illinois e só chegou ao seu destino em 2012. A correspondência foi enviada pelos pais do soldado George Leisenring, que foram visitá-lo durante a sua recuperação no hospital, para as irmãs do rapaz, que estavam em uma pequena cidade do estado de Nova York.
O postal dizia: "Queridas Pauline e Theresa, chegamos em segurança e fizemos uma boa viagem, mas estamos bastante cansados". O problema é que, quando o cartão chegou ao seu destino com 70 anos de atraso, ninguém mais da família morava na casa endereçada.


2 – Obras de arte




Em 2011, mais de 1,5 mil pinturas, que eram tidas como destruídas na Segunda Guerra Mundial foram encontradas na Alemanha. O tesouro em obras de arte que os nazistas roubaram dos seus proprietários vale bilhões e foi descoberto por trás de latas de comida podre em um apartamento em Munique.
As pinturas eram dadas como perdidas e destruídas pelo bombardeio de Dresden em 1945, porém foram achadas no apartamento (em péssimo estado) de Cornelius Gurlitt. Segundo os investigadores, a coleção aparentemente veio do pai de Gurlitt, Hildebrandt, que era um historiador de arte quando os nazistas tomaram o poder nos anos 30.
Ele teria adquirido centenas de quadros vendidos por preço de banana pelos judeus, que estavam tentando escapar do regime nazista, e as repassou para o seu filho antes de morrer. Você pode conferir mais detalhes sobre essa história neste outro artigo do Mega Curioso.


3 – Pombo-correio



Durante a reforma de uma lareira em sua casa em 1982 — em Surrey, na Inglaterra —, David Martin descobriu um pombo-correio em sua chaminé, portando uma mensagem que ainda estava ligada ao seu esqueleto.
Os especialistas acreditam que a ave foi enviada pelas Forças Aliadas a partir da França ocupada pelos nazistas em 6 de junho de 1944, ou seja, durante as invasões ocorridas no histórico Dia D. Você pode conferir mais detalhes sobre essa descoberta neste outro artigo do Mega Curioso.


4 – Barris de gordura




Diversos barris de gordura foram encontrados na praia da Reserva Natural de St. Cyrus (na Escócia), depois que uma tempestade atingiu o local. A madeira dos barris já havia se desfeito há muito tempo, porém a forma foi mantida devido às cracas marinhas que os recobriram.
Acredita-se que os barris tenham vindo de um navio mercante bombardeado durante a Segunda Guerra Mundial e que eles continuam a aparecer no decorrer das décadas devido às tempestades que agitam o mar e os levam para as praias.


5 – Campo de batalha



Em 2010, um campo de batalha inteiro — incluindo armas, equipamentos e ossadas de soldados — foi descoberto completamente intacto em uma floresta de Papua Nova Guiné.
O local foi encontrado pelo capitão aposentado Brian Freeman, que se baseou em antigos diários e mapas para chegar ao campo de batalha. O cenário encontrado mostra o resultado de uma das mais sangrentas batalhas entre soldados japoneses e australianos, conhecido como Eora Creek, na qual 79 australianos morreram e outros 145 ficaram feridos.


6 – Submarino japonês



Um supersubmarino japonês desaparecido em 1946 foi avistado ao largo da costa sudoeste de Oahu a quase 700 metros de profundidade. O I-400 foi o maior e mais avançado tecnologicamente da época. Era capaz de viajar uma vez e meia ao redor do mundo sem reabastecimento e liberar três bombas de 1,8 mil quilos rapidamente.
O submarino foi capturado pelos militares americanos no final da Segunda Guerra Mundial e mantido em Pearl Harbor para a inspeção. Quando começou a Guerra Fria, os soviéticos exigiram o acesso à embarcação, mas os Estados Unidos, não querendo que a tecnologia caísse mãos dos inimigos, negaram qualquer conhecimento de seu paradeiro.


7 – Uma fortuna em prata



Um navio mercante britânico afundado pelos nazistas em 1941 foi descoberto recentemente a cerca de 480 quilômetros da costa da Irlanda. O navio continha cerca de 61 toneladas de prata, que eram divididas em 1.574 lingotes, somando um valor estipulado de aproximadamente 36 milhões de dólares.


8 – Bomba antiga detonada por acidente




Uma bomba da Segunda Guerra Mundial, que foi enterrada na época, foi detonada em um canteiro de obras na Alemanha, matando um motorista de escavadeira e ferindo mais oito trabalhadores. A explosão ocorreu quando o motorista levantava a terra e os detritos do terreno, mas nem sequer imaginava que havia algo tão perigoso por ali.


9 – Bombardeiro encontrado



Em 2010, foi encontrado um bombardeiro americano tido como desaparecido desde julho de 1943, contendo os restos mortais do sargento Thomas L. Meek e do capitão Henry S. White. O avião foi achado no Pacífico Sul em um recife de corais. Também foram encontradas na aeronave moedas norte-americanas e australianas, além de pertences dos militares.


10 – Submarino alemão


Um submarino U-550 foi encontrado em águas profundas a cerca de 112 quilômetros ao sul de Nantucket, Massachusetts. Em abril de 1944, o U-550 torpedeou um navio-tanque que partia para a Grã-Bretanha com 140 mil barris de gasolina.
Em seguida, o submarino tentou se esconder, mas foi descoberto pelo USS Joyce, um dos três navios da escolta do tanque. O Joyce atingiu o submarino com cargas de profundidade, forçando-o a subir à superfície, onde foi atacado por outra embarcação.

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Os túneis mais incríveis do mundo!!



Há quem os odeie e também quem fique fascinado ao passar por um deles de grande proporção. Estamos falando de túneis, muito comuns em cidades montanhosas como o Rio de Janeiro, mas melhor explorados nos locais que vamos observar agora. Esqueça, portanto, que seu celular ficaria sem sinal dentro dessas passagens incríveis e apenas aprecie a beleza.


“The Light Tunnel” Essa criação chama a atenção dos turistas e moradores de Detroit, nos EUA. É possível visitar o lugar no aeroporto metropolitano da cidade. Os efeitos de luz são produzidos de forma a deixar o ambiente um tanto místico. Podemos dizer que quem concebeu esse local realmente sabia o que estava fazendo.


Sombrio porém belo

O “Túnel Yew” é composto por essas árvores que você observa e foi cultivado por anos para ter o efeito desejado. A família Llangthen foi a responsável pela produção desse local, nos idos do século XVII, que com os anos ganhou um ar um tanto assombroso. Imagina passar por aí em uma noite de lua cheia?






O “Túnel deLærdal” é um túnel cavado em uma montanha, que liga a cidade de Lærdal com Aurland, na Noruega. O túnel tem nada menos que 24,5 km de extensão, e foi inaugurado em 2000. Os efeitos de luz são produzidos para dar esse ar misterioso ao local, que virou praticamente um ponto turístico.



Os chineses com seus belos túneis





O “Túnel Bund Sightseeing” fica na China, em Xangai, sendo também um ponto turístico da cidade. É possível cruzar por baixo o Rio Huangpu em cerca de cinco minutos com um pequeno trem de cobertura envidraçada. Ele foi inaugurado em 2000 e tem efeitos de luz que se destacam com a velocidade.


Cenário de um conto de fadas

O “Túnel do Amor”, na Ucrânia já deve ser conhecido por você. Ele era uma antiga linha férrea que foi coberta pela vegetação local. Casais tiram fotos no lugar, principalmente para casamentos.


 Trabalho coletivo chinês


O “Túnel Guoliang”, em Henan, na China, foi cavado nas montanhas para criar um acesso mais fácil a um vilarejo. A “construção” começou em 1972 e terminou em 1977 e serve até hoje como rota de passagem para locais inacessíveis de outra forma na província de Henan. Ao todo, são 1,2 km de extensão.

 Cores do Japão



O “Túnel Wisteria”, em Kitakyushu, no Japão, é um túnel artificial coberto por flores Wisteria, que dão nome ao ambiente. Ele é aberto a visitação e faz parte de um jardim da cidade.


O pessoal de Taiwan sabe fazer belos túneis na rocha



O “Tunnel of Nine Turns” ou “Túnel das Nove Voltas” no Parque Nacional de Taiwan foi construído em 1996 e serve como ponto de observação e estrada/trilha para o parque.


Os ingleses e seus túneis de árvores


O túnel “The Dark Hedge” em Ballymoney, no Reino Unido segue mais ou menos a mesma ideia do Túnel Yew, tendo sido plantado por uma família tradicional britânica também no século XVIII.

Música na escola: entenda a importância no processo de ensino-aprendizagem / Colégio Estadual Dona Guiomar Barreto Meira

Uma das formas de estimular o desenvolvimento de alunos no processo metodológico é por meio da introdução da música na escola. Isso p...